RÁDIO ETERNO ESTRÉIA 25 DE JUNHO DE 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

video

MEU ALVO É CRISTO E O SEU?

domingo, 19 de junho de 2011



Filipenses 3:13-14, “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”
Uma das coisas que sem dúvida nenhuma machuca muito uma pessoa é a ingratidão. O apóstolo Paulo em uma missão passou por uma cidade chamada Galácia, e nessa cidade enfrentou lutas muito grandes, sofrimentos, fome, todas as lutas que um missionário passa no campo de missões. E tudo isso somente para um objetivo, alcançar almas para o Senhor Jesus. Mas todo o esforço de Paulo para salvar alguns na Galácia, em certo momento parece que foi em vão, apenas parece.
Gálatas 3:3, “Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?”
Paulo não se conformava de que alguns estavam se desviando da verdade, desviando-se de Jesus, começaram de maneira espiritual, mas agora, após algum tempo, estavam se desviando para a carne. O que Paulo enxergava nisso, é que todo o trabalho que fizera, todo sofrimento, todas as orações, vigílias, enfim, parecia que tudo havia sido em vão. E não somente o que Paulo passou, mas o que eles mesmos já haviam passado por causa da fé.
Gálatas 3:4, “Será em vão que tenhais padecido tanto? Se é que isso também foi em vão.”
Claro que o Apóstolo estava insatisfeito com essa situação. Estava triste por que nem tudo o que ele plantou, vingou. Assim somos cada um de nós, muitas vezes plantamos, acreditamos, oramos, buscamos a Deus, mas ainda que plantamos muito, nem todas as sementes nascem. Às vezes investimos nosso tempo, nosso amor, nossa dedicação em pessoas que não querem compromisso com Deus. E qual o primeiro pensamento que nos ocorre? Que tudo que fizemos foi em vão! Você já teve a sensação de ter trabalhado tanto por alguma causa, e após um tempo sentiu-se como se tudo tivesse sido em vão?

1 Coríntios 15:58, “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho
não é vão no Senhor.”
Não há nada, absolutamente nada, que você faça e que Deus não recompense a sua vida por isso!
Muitas coisas nós vamos orar, chorar, clamar a Deus, e Deus tem as razões dEle para não dar algumas coisas que pedimos. Deus sabe melhor do que você o que você realmente precisa para viver e ser feliz. Se por ventura Ele não te der algo, você vai deixar de amá-lO? Deixaria de servi-lO?
Muitas pessoas quando acham que não alcançaram nada, deixam o Senhor, e se esquecem que um dia falou: “Seja feita a tua vontade!”
Quando escolhemos a vontade de Deus para as nossas vidas, estamos abrindo mão de escolher nossos caminhos e permitimos que Ele nos guie, que Ele nos conduza.
2 Reis 4:18-20, “E, crescendo o filho, sucedeu que um dia saiu para ter com seu pai, que estava com os segadores, E disse a seu pai: Ai, a minha cabeça! Ai, a minha cabeça! Então disse a um moço: Leva-o à sua mãe. E ele o tomou, e o levou à sua mãe; e esteve sobre os seus joelhos até ao meio dia, e morreu.”
Lemos um trecho bíblico de uma mulher que tinham um filho que estava com dor de cabeça, e logo em seguida ela se pôs de joelhos e orou, até ao meio dia, mas seu filho não resistiu e morreu. Muitos pais já passaram por isso, e não há dúvida que a dor é imensa. Mas pensando em nossos propósitos, já oramos por tantas coisas que não conquistamos, quantos sonhos apresentamos em oração e depois nossos sonhos morreram. O que fazer na hora que um sonho morre? Temos que fazer como Paulo fez. Primeiro que nada feito pra Deus é em vão! Segundo, que ainda que não alcancemos tudo o que sonhamos temos que fazer como Paulo ensinou. PROSSEGUIR PARA O ALVO!
Nosso alvo é morar no céu com nosso Senhor e Salvador Jesus. Pouco importa se a porta de emprego era a que você sonhava, pouco importa se o carro que você tem é o que você sonhava, o importante é que você prossiga para o alvo!
Filipenses 3:13-14, “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.
Paulo disse, "não julgo que alcancei tudo o que eu queria", nem tudo o que Paulo quis, alcançou. Mas isso não foi motivo para ele parar de prosseguir! Não desista dos seus sonhos! Lute, prossiga para o alvo, o seu alvo é Jesus!
meu alvo é Cristo?
e o SEU?
Feliz semana!
DEUS TE ABENÇOE
graça e paz
Fabiana